NOVO
Questões Sociais

Mandem Saudades, Uma Longínqua História de Emigração

PUBLICADO EM maio 2022
* 10% de desconto incluído. Portes de envio grátis para Portugal Continental e Ilhas.
Sobre
Ver

Sinopse

Sabia que o instrumento musical típico do Havai, o ukelele, é o cavaquinho alterado por madeirenses para ali emigrados? Ainda hoje essa herança e muitas outras tradições são acarinhadas por portugueses de terceira e quarta gerações que habitam aquelas ilhas. Este livro conta a história dos seus antepassados, cerca de 27 000 portugueses que, no final do século XIX e até 1913, fizeram uma longa rota de emigração para o meio do Pacífico. Nesta debandada só iam os mais desesperados pela fome e pela miséria, os que nada deixavam para trás. Não podendo pagar de antemão a viagem, aguardava-os um contrato que os prenderia por longo tempo ao duro trabalho nos campos de cana-de-açúcar. Pelo caminho, morriam dezenas de homens, mulheres e crianças, e os que sobreviviam nunca mais esqueciam a terrível travessia. Foi uma diáspora sem retorno, a que este retrato presta hoje uma justa homenagem.

Autoria

Coordenação e autoria

  • Mário Augusto
    Nasceu em 1963 no lugar de Espinho, V. Nova de Gaia. Jornalista desde 1986, é autor e apresentador de vários programas nos canais SIC, TV Cine e RTP. Foi subdirector da RTP 3. Além da televisão, colabora em diversos jornais e revistas e é cronista de rádio, tendo desenvolvido grande parte da sua actividade profissional na divulgação e análise do cinema. Foi fundador da SIC, realizou vários documentários e argumentos para televisão. Pertence aos quadros da RTP. É autor de vários livros de cinema, «Janela Indiscreta» e «Como se fosse um romance», além de biografias de actores como Charlie Chaplin e Philip Seymor Hoffman

Partilhar