Novo
Educação

Quando as Escolas Fecharam: Cadernos da Pandemia

PUBLICADO EM fevereiro 2021
* 10% desconto incluído. Portes de envio grátis para Portugal Continental e Ilhas.
Sobre
Ver

Sinopse

E, numa manhã, a 16 de Março de 2020, as escolas portuguesas fecharam portas e professores e alunos confinaram-se em casa. A decisão governamental, inédita, resultara da pandemia causada pelo SARS-CoV-2 e só viria a ser revertida cerca de dois meses depois, de modo parcial, para alunos com disciplinas com exame do Ensino Secundário. Este livro regista a vivência dessas semanas por um casal de professores, a filha, aluna do 11.º ano, e a gata da casa, subitamente também perturbada pela alteração do quotidiano. É um diário muito pessoal, mas que evidencia o papel das escolas como uma das âncoras mais importantes do funcionamento da sociedade, sobretudo para os núcleos familiares cujo dia-a-dia se organiza em torno do calendário e dos horários escolares.

Autoria

Coordenação e autoria

  • Paulo Guinote
    Professor
    Licenciado em História e mestre em História Contemporânea pela Universidade Nova de Lisboa e doutorado em História da Educação pela Universidade de Lisboa. Tem obra publicada na área da História dos Descobrimentos, História da Mulher e História da Educação. É professor desde 1987 e encarregado de educação desde 2003. Colabora com o site Educare, o Jornal de Letras e o Público, quando não está a escrever no seu blogue.

Partilhar

Relacionados

1 /