A
A

A União Europeia vive tempos conturbados. Ainda a recuperar da crise económica, a braços com o drama dos refugiados e a ver crescer movimentos anti-europeus, está agora prestes a perder o seu primeiro Estado-membro: o Reino Unido. Uma brecha política na construção europeia, mas também económica, porque significará um rombo de quase 15 mil milhões de euros no orçamento comunitário.

“A 30 de março de 2019 [com o Brexit] seremos uma União a 27, e proponho que nos preparemos bem”. O alerta do presidente da Comissão Europeia Jean-Claude Juncker ilustra o desafio que os Estados-membros têm pela frente.

A nova realidade e as novas prioridades de Bruxelas são visíveis na proposta de orçamento para 2021, conhecida no início deste mês. Áreas como a inovação digital, a segurança, defesa e o controlo de fronteiras veem o seu financiamento reforçado, enquanto a agricultura e os fundos de coesão social sofrem cortes pesados.

A proposta de orçamento gerou um coro de críticas, entre elas as de Portugal pela falta de ambição. Mas muitas outras questões dividem os Estados-membros: do alargamento à política de imigração e ao reforço dos poderes das instituições europeias. E em Itália dois partidos anti-europeus podem, pela primeira vez, formar o Governo.

Conseguirá a União manter-se unida? E como deve ser a nova Europa? Queremos manter tudo como está? Restringir a União ao mercado do euro? Ou pelo contrário, alargar e reforçar o poder das instituições europeias para dar resposta a grandes questões como a segurança ou as alterações climáticas?

Neste episódio, teremos entrevistas exclusivas ao ex-Primeiro-Ministro de Espanha, Felipe González, autor do relatório sobre o futuro da Europa, e ao antigo Ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis.

Como avalia este conteúdo?
A sua opinião é importante.
No votes yet
Episódios
1
set do estúdio do Fronteiras XXI
O populismo tem ideologia? - Parte 1

O populismo é considerado por muitos a principal ameaça à democracia na Europa. Do Reino Unido à Áustria, de Espanha a Itália, os partidos anti-sistema, que defendem a vontade do...

90 min
Saber mais

O populismo é considerado por muitos a principal ameaça à democracia na Europa. Do Reino Unido à Áustria, de Espanha a Itália, os partidos anti-sistema, que defendem a vontade do...

90 min
Saber mais
2
set do estúdio do Fronteiras XXI
O populismo tem ideologia? - Parte 2

O populismo é considerado por muitos a principal ameaça à democracia na Europa. Do Reino Unido à Áustria, de Espanha a Itália, os partidos anti-sistema, que defendem a vontade do...

54 min
Saber mais

O populismo é considerado por muitos a principal ameaça à democracia na Europa. Do Reino Unido à Áustria, de Espanha a Itália, os partidos anti-sistema, que defendem a vontade do...

54 min
Saber mais
3
T1E2
Como será o trabalho do futuro?

Como será o emprego no futuro? Que profissões vão desaparecer e que novas áreas de trabalho serão necessárias? O Fórum Económico Mundial calcula que, até 2020, as novas tecnologias...

89 min
Saber mais

Como será o emprego no futuro? Que profissões vão desaparecer e que novas áreas de trabalho serão necessárias? O Fórum Económico Mundial calcula que, até 2020, as novas tecnologias...

89 min
Saber mais
4
set do estúdio do Fronteiras XXI
Afinal o que é a dívida?

Portugal é um país altamente endividado e que não cresce. A dívida, sobretudo a do Estado que atingiu 241,1 mil milhões de euros em dezembro passado, tem-se acumulado, ano após ano...

93 min
Saber mais

Portugal é um país altamente endividado e que não cresce. A dívida, sobretudo a do Estado que atingiu 241,1 mil milhões de euros em dezembro passado, tem-se acumulado, ano após ano...

93 min
Saber mais
Fronteiras XXI, um programa de debate semanal da Fundação Francisco Manuel dos Santos, emitido na RTP
Série
Debate
59EPISÓDIOS
2017

Debater os grandes temas que desafiam Portugal e o mundo, colocando frente a frente conceituados especialistas nacionais e/ou internacionais e uma plateia selecionada. É este o desafio do Fronteiras XXI, programa mensal da RTP3 que resulta de uma parceria entre a Fundação Francisco Manuel dos Santos e a RTP.

Ao longo de 90 minutos, discutem-se temas que marcam a atualidade, mas também outros, menos mediáticos, que afetam o dia a dia dos portugueses para falar do presente a pensar no futuro.
 

Ler menos
Portuguese, Portugal