A
A
educacao_em_exame_ffms

A Educação em Exame

Qual a qualidade da Educação em Portugal? Que resultados obtêm os alunos portugueses quando comparados com os dos outros países da OCDE? Através do estudo dos resultados dos alunos portugueses nos testes PISA ao longo das últimas décadas, descubra como evoluiu e o que ainda é preciso melhorar na Educação portuguesa.
2 min
Livraria
Documentos
Estudo Porque melhoraram os resultados PISA em Portugal, da Fundação Francisco Manuel dos Santos
Veja este conteúdo em modo imersivo
Aprofunde o seu conhecimento.
Entrar

Fique a conhecer os resultados do projeto aQeduto: avaliação, qualidade e equidade em educação, uma iniciativa conjunta do Conselho Nacional de Educação e da Fundação Francisco Manuel dos Santos que teve início em dezembro de 2015. O projeto teve o propósito de contribuir para um debate público, sustentado em evidência científica, no domínio da educação, e debruçou-se sobre a informação estatística proveniente do PISA – Programme for International Student Assessment (2000, 2003, 2006, 2009, 2012 e 2015).

A interpretação destes resultados permitiu um aprofundamento da análise do sistema educativo português e da sua posição no plano internacional, especialmente quando combinados com os dados provenientes dos questionários de contexto. A partir da informação disponível, procurou-se explicar a variação dos resultados dos alunos portugueses nos testes PISA, e quais os fatores responsáveis pela evolução positiva verificada em Portugal ao longo dos últimos quinze anos: 

  • O papel das alterações na condição social, económica, cultural, comportamental e motivacional dos alunos e das famílias
  • O papel das mudanças na organização escolar;
  • O papel das variações nas condições económicas e sociais do país.

Além dos resultados dos alunos portugueses nos testes PISA, conheça também:

  • Quem são e o que pensam esses alunos;
  • O seu contexto familiar;
  • A sua realidade socioeconómica;
  • A dimensão e o impacto do insucesso escolar, bem como as possíveis formas de o combater;
  • O perfil dos professores portugueses;
  • As medidas com impacto positivo e negativo numa escola;
  • As reformas políticas na Educação e o seu impacto;

entre muitos outros aspetos fundamentais da Educação em Portugal. Ao dar-lhe a conhecer os resultados deste projeto e do estudo “Porque Melhoraram Os Resultados PISA Em Portugal?” coordenado por Ana Sousa Ferreira, Isabel Flores e Teresa Casas-Novas, a Fundação procura contribuir não só para o conhecimento da realidade da Educação portuguesa, mas também para a qualidade da discussão pública sobre o futuro do setor e do país.

O que contribui para uma escola melhor são professores mais motivados e com menor resistência à mudança. E alunos que são mais cumpridores e com melhores níveis de disciplina, e diretores que conseguem mobilizar a escola para cumprir um projeto educativo desenvolvido com o envolvimento de toda a comunidade.
Coordenadora do estudo
Acessos rápidos
Livraria
Documentos
Estudo Porque melhoraram os resultados PISA em Portugal, da Fundação Francisco Manuel dos Santos