A
A
Um estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos sobre o mercado imobiliário em Portugal.

O Mercado Imobiliário em Portugal

Quão importante é o setor imobiliário para a economia portuguesa? Qual tem sido a dinâmica de preços de compra e arrendamento no país? Quão acessível para os portugueses é o mercado imobiliário no país? Encontre a resposta a estas e outras questões neste estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos.
2 min
Documentos
OMercadoImobiliarioEmPortugal
O Mercado Imobiliário em Portugal

A análise da dinâmica do mercado imobiliário ganhou particular interesse nos últimos anos, após o colapso do mercado sub-prime nos Estados Unidos da América, em 2007. As consequências deste colapso rapidamente se generalizaram ao resto do mundo e originaram impactos significativos na economia global.

Este estudo da Fundação Francisco Manuel dos Santos, coordenado por Paulo M. M. Rodrigues, tem como propósito compreender a dinâmica do mercado imobiliário em Portugal até 2020. Para esse efeito, avança uma caracterização detalhada das suas diferentes dimensões, como:

 

  • a importância do mercado da habitação para a dinâmica macroeconómica em Portugal
  • o comportamento exuberante dos preços no mercado imobiliário português
  • a sincronização dos preços da habitação quer entre Portugal e outros países, quer entre cidades portuguesas
  • a acessibilidade habitacional no território português
  • o arrendamento de curto prazo
  • a evolução das rendas urbanas em Portugal e das suas várias formas e regimes desde o início do século XX.


Com este estudo, a Fundação procura contribuir para um conhecimento mais aprofundado das várias dimensões dos mercados imobiliários, não só para antecipar os seus potenciais impactos na economia nacional, mas também para facilitar a definição de políticas habitacionais adequadas à sociedade atual.

As políticas públicas e as medidas legislativas das últimas décadas têm vindo a promover e a subsidiar a desigualdade. Simultaneamente, o Estado foi — e é — incapaz de satisfazer a procura, mas contribui para contrair a oferta e descarta as suas responsabilidades sociais para com os privados. Em resumo, o arrendamento urbano continua a definhar e encontra-se num beco sem saída.
video thumbnail
O mercado imobiliário em Portugal: vídeo infográfico
video thumbnail
Apresentação do estudo
Acessos rápidos
Documentos
OMercadoImobiliarioEmPortugal