A
A
mãos envelhecidas cruzadas sobre o colo

Dinâmicas demográficas e envelhecimento da população portuguesa

Quão envelhecida é a população portuguesa? O que pode explicar esse envelhecimento? Que futuro podemos esperar para a população portuguesa? Encontre a resposta a estas e outras questões no estudo “Dinâmicas demográficas e envelhecimento da população portuguesa (1950-2011): evolução e perspetivas”.
2 min
Documentos
DinamicasDemograficasEEnvelhecimentoDaPopPortuguesa
Dinâmicas demográficas e envelhecimento da população portuguesa (1950-2011): evolução e perspetivas

A sociedade portuguesa é hoje uma das mais envelhecidas do mundo. Este estudo, fruto de uma parceria do Instituto do Envelhecimento da Universidade de Lisboa com a Fundação Francisco Manuel dos Santos, teve o objetivo de descrever e analisar a evolução das estruturas etárias da população portuguesa entre 1950 e 2011, interpretar as causas demográficas das mudanças dessas estruturas assim como da população portuguesa e formular perspetivas e calcular projeções quanto à respetiva evolução no futuro. Para esse efeito, debruçou-se sobre múltiplas questões, como:

• O conceito de envelhecimento demográfico
• Envelhecimento e evolução das estruturas demográficas da população portuguesa
• O impacto da emigração e da imigração nas dinâmicas demográficas da população portuguesa
• A evolução da natalidade e da alteração dos padrões de fecundidade em Portugal
• A evolução da nupcialidade e divorcialidade em Portugal
• A evolução da mortalidade em Portugal
• As assimetrias regionais dos vários indicadores demográficos em Portugal
• A comparação das dinâmicas demográficas da população portuguesa com as dos seus parceiros europeus

Para levar a cabo este projeto de investigação, a equipa dirigida por Mário Leston Bandeira desenvolveu um trabalho de reorganização da informação e dos dados demográficos disponíveis nos Recenseamentos da População Portuguesa e na Estatísticas Demográficas de 1950 a 2011. Assim, foi necessário compatibilizar as mudanças da organização territorial e de organização dos dados demográficos, para serem criadas séries ininterruptas, segundo a idade e o sexo e por Nuts II e Nuts III. Foi, deste modo, construída uma nova base de dados. 

Uma vez apresentada essa releitura, contínua, das características e dinâmicas da população portuguesa, este estudo termina com uma reflexão sobre os possíveis cenários de futuro da população portuguesa, e o seu impacto na realidade social do país. A Fundação procurou assim, mais uma vez, contribuir para um debate mais informado sobre uma das questões mais importantes para o futuro da sociedade portuguesa.

Em trinta anos de baixa fecundidade, contados desde 1982, a população portuguesa deixou de estar em crescimento natural moderado e entrou num processo de acelerado declínio. Deixou de ser uma população jovem com uma configuração triangular e passou a ser uma população envelhecida representada por uma pirâmide com a forma de ânfora sem asa.
Acessos rápidos
Documentos
DinamicasDemograficasEEnvelhecimentoDaPopPortuguesa