A pobreza em Portugal
Ciclo de Conferências

A pobreza em Portugal

4 a 25 maio 2021

A Fundação estreia um novo ciclo de conferências para fazer um diagnóstico crítico da pobreza no país. Partindo do novo estudo «A pobreza em Portugal: trajectos e quotidianos», estes quatro debates analisam o contexto da família, do trabalho, da educação e da solidariedade social para revelar possíveis caminhos e áreas críticas de actuação. Dias 4, 11, 18 e 25 de Maio. Às 21h, live no site.
  • Questões Sociais

    A pobreza em Portugal: Qual o papel da família?

    A pobreza na infância, nas famílias monoparentais e nas famílias com muitos filhos é mais elevada do que a média geral do país. Como é que o contexto familiar determina a pobreza? O que é preciso para quebrar este ciclo de transmissão de pais para filhos?
    04 mai
    Live no site da Fundação
  • Educação

    A pobreza em Portugal: A educação é uma solução?

    Há uma clara associação entre educação e pobreza: Quem tem menos escolaridade, tem maior risco de pobreza. Como podem os modelos educativos alterar esta realidade? A escola está a conseguir contrariar as desigualdades sociais?
    11 mai
    Live no site da Fundação
  • Questões Sociais

    A pobreza em Portugal: Pode o trabalho ser uma garantia?

    Ter trabalho não é suficiente para se sair da pobreza. Um terço dos adultos que vivem na pobreza no país têm emprego. O trabalho precário atinge um quarto desta população, concentrando os mais novos e mais escolarizados. Como se contraria esta realidade?
    18 mai
    Live no site da Fundação
  • Questões Sociais

    A pobreza em Portugal: Qual o papel da solidariedade social?

    Estarão os apoios sociais adequados às necessidades dos diferentes tipos de pobreza? Como é que o trabalho informal e precário limita o direito à protecção social? Como dependem as famílias das redes informais de apoio?
    25 mai
    Live no site da Fundação

Partilhar