Notícias

2020

Pedro Russo. "A incerteza na ciência tem de ser comunicada"

A comunicação de ciência, num ano marcado por um protagonismo inédito dos cientistas, é o mote de uma conferência transmitida esta quarta-feira à noite pela Fundação Francisco Manuel dos Santos. Pedro Russo, professor na Universidade de Leiden, astrofísico e divulgador de ciência, é um dos oradores. Em entrevista ao i, olha para o ano da covid-19 e também da controvérsia em torno das alegadas pistas de vida em Vénus. E fala do que a comunidade científica tem falhado em transmitir para fora.

Taxa de pobreza em Portugal atinge o valor mais baixo desde 2003

No ano passado, Portugal atingiu o valor mais baixo, em 16 anos, relativamente ao número de pessoas em situação de carência económica ou de bens duradouros. Em 2019, a taxa de privação material severa era de 5,6%, o que compara com os 9,9% de 2004 ou com os 10,9% de 2013. Os números são apontados pela Pordata, por ocasião do Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza.

O que já sabemos sobre a atual crise

Projetos Expresso. As declarações dos protagonistas da conferência "Crises na Economia Portuguesa", uma iniciativa que junta o Expresso e a Fundação Francisco Manuel dos Santos e cujo objetivo principal é o de definir os momentos, desde 1980, em que começaram e terminaram as recessões em Portugal

O que já sabemos sobre a atual crise

Projetos Expresso. As declarações dos protagonistas da conferência "Crises na Economia Portuguesa", uma iniciativa que junta o Expresso e a Fundação Francisco Manuel dos Santos e cujo objetivo principal é o de definir os momentos, desde 1980, em que começaram e terminaram as recessões em Portugal

Ana Daniela Soares: "Chimpanzé vestia roupa de criança e no quarto tinha TV com comando"

A curiosidade jornalística levou Ana Daniela Soares a querer saber mais sobre a paixão de muitos portugueses por animais exóticos, dos escorpiões às cobras, e o resultado é um livro fascinante. Há casos de ilegalidade e de opções de risco, mas também quem saiba o que está a fazer e dentro da lei. Entrevista publicada originariamente a 21 de fevereiro de 2020., republicada numa série de 'best of' entrevistas de verão que o DN está a republicar.

“Oferta de diplomados na área florestal não satisfaz necessidades do mercado”

Os números da Pordata revelam que o sector primário, florestas incluídas, é o que emprega menos pessoas em Portugal (5%). A perda de efectivos ronda os 56% na última década. Fontainhas Fernandes, presidente do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas, alerta para a necessidade de “trabalhar em rede”, preparando “novas ofertas educativas para a área florestal, mais apelativas e envolvendo novos domínios do conhecimento”.

PEDRO GÓIS: "NINGUÉM PODE DIZER 'EU SOU UM PORTUGUÊS PURO'. SE INTEGRARMOS ESSA IDEIA, TALVEZ CONSIGAMOS ESTAR MAIS PERTO DE ACABAR COM O RACISMO E A XENOFOBIA"

Pedro Góis não é mágico mas tem uma espécie de bola de cristal, como gosta de dizer a brincar. Porque é demógrafo e, como ele próprio diz, "a previsibilidade é muito fácil na demografia - talvez seja mesmo das ciências sociais aquela em que trabalhando com números que já existem, prever o futuro não é assim tão difícil". Fomos ouvir as suas previsões, e acabámos a falar de história, biologia, política, porque, na realidade, isto anda tudo ligado.

PORDATA retrata o Município de Seia

No âmbito do 10º aniversário da PORDATA – projecto da Fundação Francisco Manuel dos Santos – , ao longo de 2020 serão divulgados uma série de retratos estatísticos sobre cada um dos 308 municípios portugueses, fazendo-o para assinalar os respectivos feriados municipais.

Assim se vê a força da PME

Este sábado assinala-se o dia das micro, pequenas e médias empresas e a Pordata (da Fundação Francisco Manuel dos Santos) faz questão de lembrar a importância que têm no tecido empresarial português. As PME's representam 99,9% do total das empresas em Portugal.

Assim vai Lisboa, oito anos depois

Menos habitantes mas mais jovens, mais empresas e um salário médio quase estagnado mas ainda muito acima da média nacional, mais museus, menos ecrãs de cinema, mais casamentos, menos bancos - eis um retrato estatístico da capital, em dia de feriado municipal.

As pandemias do passado – o que nos podem ensinar

A convidada é a historiadora e investigadora da Universidade Nova em Lisboa, Helena da Silva, especialista em História da Saúde. O Da Capa à Contracapa é um programa da Renascença em parceria com a Fundação Francisco Manuel dos Santos. Para ouvir sábado às 9h30 ou sempre que quiser em podcast. Em rr.sapo.pt e nas plataformas digitais habituais.

Constantino Sakellarides: "Não há nenhum exagero na informação contínua sobre casos suspeitos"

A resposta dos sistemas de saúde e as estratégias de comunicação na crise do novo coronavirus mereceram a reflexão de um dos mais reputados especialistas portugueses em saúde pública. Constantino Sakellarides debateu o tema do momento com o gestor hospitalar José Mendes Ribeiro no programa "Da Capa à Contracapa" da Renascença em parceria com a Fundação Francisco Manuel dos Santos.

Feio, mas saboroso ou só demasiado bom para ir para o lixo. Como estas apps e projetos dão nova vida ao que ia ser desperdiçado

Não se consegue traduzir em números exatos, mas sabe-se que o desperdício alimentar está a ganhar terreno. Há perdas que ocorrem na produção, na distribuição e no consumo dos alimentos. E, mesmo depois de estragados, continua a haver desperdício. No entanto, isso pode mudar. E todos podemos contribuir, até com um empurrão tecnológico.

Voltar a sonhar com os comboios

Na Estação do Rossio, às 18h30, apresenta-se esta quarta-feira o livro "A ferrovia em Portugal - Passado, presente e futuro". Um ensaio que defende a ferrovia como alavanca do desenvolvimento económico nacional. O autor é Francisco Furtado, a publicação é da Fundação Francisco Manuel dos Santos.

Partilhar