Novo Encontro Juventudes
Questões Sociais

Novo Encontro Juventudes

27 e 28 novembro 2021
Novo Encontro Juventudes

2021

27 novembro
15h00 - 19h15
Pavilhão Carlos Lopes, Lisboa

2021

28 novembro
16h00 - 20h00
Pavilhão Carlos Lopes, Lisboa

Novo Encontro Juventudes

Este é um encontro sobre jovens de todas as gerações. Será que ser jovem hoje é assim tão diferente do que era ser jovem nos anos 60 ou 80 do século passado? O que têm as várias gerações em comum e o que as separa? Este encontro reúne alguns dos maiores especialistas nacionais e internacionais para debater os jovens e os seus desafios, partindo de um novo retrato da Fundação sobre os «Os jovens em Portugal, hoje».

Com a apresentação deste grande inquérito, aplicado a uma amostra de cerca de 4.900 jovens entre os 15 e os 34 anos, a Fundação pretende perceber «quem são, o que pensam e o que sentem» os jovens a viver no país. Um retrato que permitirá conhecer os seus valores, a sua relação com a família ou os amigos, os hábitos, a forma como reagem à pressão social, até que ponto se sentem felizes, se sofreram de discriminação, o que pensam em relação a questões como a mobilidade, a parentalidade, a política, o meio ambiente, entre muitas outras. Porque ser jovem é um desporto (social) radical, é neste período da vida que se constrói uma identidade, um estilo de vida, os alicerces sociais para um futuro profissional e familiar, se defendem valores ou causas sociais, se questionam velhos padrões de desigualdades e injustiças e se inauguram formas de os combater. E porque as sucessivas gerações de jovens são únicas, mas têm características comuns, o debate alarga-se aos processos de transição para a vida adulta e aos principais desafios enfrentados ao longo de gerações. Para isso, juntam-se em Lisboa dois grandes peritos internacionais - John Goodwin, sociólogo da Universidade de Leicester e Howard Williamson, professor de Política Europeia da Juventude na Universidade de South Wales - uma dezena de especialistas nacionais, bem como jovens de várias idades. Porque a juventude é contínua no tempo, e são os jovens que se renovam, neste encontro debatem-se soluções para o futuro. NOTA: O acesso ao evento está reservado a portadores de certificado digital de vacinação válido ou de um certificado de testagem negativo.

Programa

Ver dia

Pavilhão Carlos Lopes, Lisboa

  • 15h00
    Boas-vindas
  • 15h10
    Abertura do Encontro
  • 15h20
    A Juventude através dos tempos
  • 16h00
    O que distingue e aproxima os jovens de hoje e de ontem?
    Sessão aberta a perguntas do público
    Será que as incertezas sobre o futuro são exclusivas dos jovens de hoje? Será que a precariedade é um fenómeno definidor da geração actual? Será que sair tarde de casa dos pais é uma tendência assim tão recente? Neste debate, olha-se para o passado, contrastando diferentes gerações de jovens, para compreender em que consiste a juventude, independentemente da época em que se vive.
  • 16h45
    A minha juventude é melhor do que a tua
    Os humoristas sobem ao palco
    Telefone ou telemóvel? Vinil ou CD? TV a preto e branco ou cores? Por carta ou sms? Buraco de ozono ou crise climática? Brincar na rua ou no computador? PGA ou propinas? Comprar casa ou viajar? Bumba na Fofinha, Carlos Coutinho Vilhena e Eduardo Madeira medem forças. A minha juventude é melhor que a tua? Uns mais rascas outros só mais à rasca, uns nativos digitais outros só imigrantes. Ser jovem mudou assim tanto? É com humor que se cruzam os desafios da juventude em diferentes gerações.
  • 17h00
    Intervalo
  • 17h30
    Retrato «Os jovens em Portugal, hoje»
    Quem são, o que pensam e o que sentem?
  • 18h30
    Jovens: Contexto e implicações?
    Sessão aberta a perguntas do público
    Um olhar panorâmico sobre os mais jovens de hoje: Como se relacionam com os outros? Que práticas culturais seguem? Que relação têm com a educação? Como se inserem no mercado de trabalho? E como participam política e civicamente? Uma radiografia dos jovens em Portugal, a braços com os impactos da pandemia, que acentuou as desigualdades sociais e económicas e pôs em causa o seu bem-estar, socialização e perspectivas futuras.
  • 19h15
    Encerramento

Pavilhão Carlos Lopes, Lisboa

Ver

Partilhar