Genética, stress crónico e envelhecimento
Genética, stress crónico e envelhecimento
Mês da Ciência e da Educação 2020

Genética, stress crónico e envelhecimento

11 novembro 2020
Mês da Ciência e da Educação 2020

Genética, stress crónico e envelhecimento

11 novembro 2020
Genética, stress crónico e envelhecimento
Assista nesta página (com legendagem)

2020

11 novembro
21h00 - 22h00
Assista nesta página

Genética, stress crónico e envelhecimento

Conferência com Elissa Epel, psicóloga especialista em envelhecimento e obesidade na Universidade da Califórnia, em São Francisco. Comentários de Elsa Logarinho, investigadora em genética do envelhecimento do Instituto de Investigação e Inovação em Saúde (i3S). Moderação do jornalista Vasco Trigo.

O modo como envelhecemos, com mais ou menos cabelos brancos, rugas e doenças, está relacionado com o comprimento das pontas protectoras dos nossos cromossomas: os telómeros. Surpreendentemente, a forma como lidamos com o stress e o ambiente social em que vivemos influenciam o tamanho dos nossos telómeros e, com eles, o número de anos de vida saudável que poderemos esperar.

Programa

Ver

Partilhar