Perdido a caminho de Tóquio

Metrópoles

Para quem gosta de se perder, de sentir que o fim do mundo pode estar a acontecer à sua volta, sem saber, Tóquio é uma das metrópoles mais apelativas do planeta. Mudei-me para Tóquio há mais de dois anos e tenho a sensação de que ainda não cheguei. Sinto-me em Busan, a olhar Tóquio à distância, do outro lado da água. Na verdade, nunca estive em Busan, na Coreia do Sul. Passei por lá à conta de uns filmes e levado na conversa de A. F. Solano, que decidiu fazer-se ao Japão de barco. Se calhar a forma mais apropriada para chegar aqui: menos apressada, suaviza o primeiro grande choque graças ao desgaste da travessia. O mar entre a Coreia e o Japão também sofre com a falta de amor dos países que o ladeiam. Sabe bem que navega no meio de uma trica de vizinhos pouco saudável.
Ler do início