Democracia

Democracia vai resistir à crise

1989, 2012. Do triunfo da liberdade à crise que desafia a liberdade. Mas também da China do Massacre de Tiananmen à China potência global. O crash de 2008 foi o contraponto à queda do Muro de Berlim. Mas se há sinais de radicalização política e de ascensão dos extremismos, não haverá uma segunda “crise dos 20 anos” como a que marcou tragicamente o século passado.
Ler do início